Ketchup, Mostarda, Maionese… Será que todos fazem mal?

Ketchup, Mostarda, Maionese… Será que todos fazem mal?
11 de maio de 2017 Alimentação Sadia

KETCHUP, MOSTARDA, MAIONESE… SERÁ QUE TODOS FAZEM MAL?

Os condimentos são essenciais no preparo de variedades tipos de comidas. Seja para dar mais sabor, aroma, ou cor, não há como negar que quando acrescentadas a um alimento de forma correta faz uma incrível diferença. Mas, você sabe quais condimentos você deveria evitar ou privilegiar?

KETCHUP

O Ketchup é um condimento de baixo valor calórico (média de 13kcal por porção de 12g) e usa como principal ingrediente o tomate, fruta rica em licopeno. Licopeno é uma substância com ação antioxidante, anti-inflamatória, e que ajuda a impedir e reparar os danos causados pelos radicais livres às células. Seria um bom condimento se não fosse pelo açúcar. Em média 1/4 da composição dos ketchups industrializados é açúcar. Por isso que é tão gostoso e viciante. Além disso, algumas marcas utilizam ao invés do açúcar o xarope de milho com alto teor de frutose, um dos piores ingredientes para o seu organismo. Portanto, utilize o ketchup com moderação e escolha marcas que obrigatoriamente não façam uso de conservantes/aditivos químicos e que utilizam a maior quantidade possível de polpa de tomate na composição (70% ou mais).

EVITAR O CONSUMO

MAIONESE

Já reparou que as maioneses caseiras costumam ser mais gostosas do que as industrializadas? Isso não é à toa. A maionese é um dos poucos produtos que são mais saudáveis em sua forma industrializada do que caseira. Isso se deve a menor quantidade de gorduras e colesterol encontrados na versão industrializada, além do processo de pasteurização, no qual são destruídos microrganismos patogênicos, mas sem alterar as propriedades nutricionais. Para ser ter ideia, em média uma porção de 12 gramas da maionese industrializada contém 40 calorias, 4 g de gorduras totais e 2,2 g de colesterol. Já a caseira contém 76 calorias, 8,2 g de gorduras totais e 31 g de colesterol. Que diferença! Quanto aos ingredientes, o principal é o óleo vegetal, que contém gorduras boas para o nosso organismo (poli e monoinsaturadas). Além disso, ele auxilia na absorção de vitaminas como A, D, E e K e contém naturalmente os ácidos graxos ômega 3 e 6, essenciais para o nosso organismo e que não conseguimos produzir por conta própria. Portanto, diferente do que muitos pensam, a maionese industrializada não é um vilão. Ela possui sim conservantes e aromatizantes, mas o seu consumo moderado não causa nenhum mal.

CONSUMO MODERADO PERMITIDO

BARBECUE

O Barbecue, assim como o Ketchup, leva em sua composição a polpa de tomate. A diferença é que no Barbecue a concentração de polpa de tomate é muito menor e a concentração do açúcar ou xarope de milho com alto teor de frutose é muito maior. Se o consumo do Ketchup já não é recomendado, imagina do Barbecue?

EVITAR O CONSUMO

MOSTARDA

A mostarda é sem dúvidas um dos condimentos mais saudáveis. A sua folha é fonte de vitaminas K, A, C, E, complexo B e folato, e minerais como cálcio, manganês, ferro, fósforo e magnésio. Muito rica em antioxidantes, a folha é fonte de flavonoides, indóis, sulforafano, carotenoides, luteína e zeaxantina. Os indóis, principalmente di-indol-metano e sulforafano, protegem contra câncer de próstata, mama, cólon e ovário, pois inibem o crescimento de células tumorais. Além disso, as mostardas industrializadas não possuem adição de açúcar. Em média uma porção de 12 g contém apenas 7 calorias e 0,7 g de carboidratos. Mas, como em qualquer condimento, fique atento ao sódio. Uma porção oferece em média 160 mg de sódio.

CONSUMO PERMITIDO

MOLHOS PARA SALADAS

Quase todos os molhos para saladas industrializados possuem altíssimas taxas de açúcar, xaropes de milho rico em frutose e óleos não saudáveis. Mesmo nas versões lights ou livres de gorduras. Evite os molhos industrializados e sempre opte por fazer versões caseiras e saudáveis.

EVITAR O CONSUMO

MOLHOS PICANTES

Os molhos picantes geralmente são saudáveis. As pimentas, quando consumidas com moderação, não fazem mal e podem até causar um leve aumento no metabolismo. Além disso, a maioria das marcas não fazem a adição de açúcar ou xarope de milho. Para ter certeza, olhe a embalagem do molho que você escolher e certifique-se que eles não estão listados nos ingredientes. Por fim, fique muito atento ao sódio. Geralmente os molhos picantes possuem alto teor de sódio e por isso precisam ser consumidos com moderação.

CONSUMO MODERADO PERMITIDO







Comentários Facebook