Os Benefícios da Verdadeira Canela

Os Benefícios da Verdadeira Canela
6 de julho de 2017 Alimentação Sadia

OS BENEFÍCIOS DA VERDADEIRA CANELA

Por mais que seja difícil acreditar, canela já chegou a ser mais valiosa que o ouro. E, enquanto hoje ninguém em sã consciência trocaria uma barra de ouro por canela,  não quer dizer que essa especiaria não tenha grandes benefícios. Benefícios para a saúde que podem ser declarados até como surpreendentes. Vamos ver?

A Verdadeira Canela

Antes de falarmos sobre os benefícios, é primordial entendermos os tipos de canela existentes.

Quase toda a canela vendida em supermercados, mercearias e lojas de alimentos ​​é um primo da verdadeira canela. Conhecida como Cinnamomum cassia, Cassia, ou canela chinesa, ela possui um sabor e cor muito semelhantes a verdadeira canela, mas não tem os mesmos benefícios para a saúde.

Somente a Cinnamomum verum, conhecida também como Canela Ceilão, fornece os benefícios para a saúde. Por ser uma versão mais cara da canela, muitas vezes é substituída ilegalmente pela Cinnamomum cassia.

Quando você estiver examinando as prateleiras do supermercado, é quase certo de estar vendo Cinnamomum cassia vendida como canela chinesa ou Cassia, enquanto a Cinnamomum verum será vendida como canela de Ceilão. Opte sempre e apenas pela Ceilão.

A variedade Cassia deve ser consumida em doses muito pequenas, uma vez que tem alta concentração de cumarina. Até 63 vezes maior que na canela ceilão, onde a quantidade não apresenta risco à saúde.

Cumarina em altas doses pode causar câncer, problemas no fígado, além de diluir o sangue.

Benefícios

Ajuda Contra Diabetes Tipo 2

Embora seja verdade que não há cura para a diabetes tipo 2, a canela pode ser uma ferramenta eficaz na gestão da doença.

De acordo com Lori Kenyon Farley, um consultor de nutrição certificado e especializado em bem-estar, fitness e anti-envelhecimento, a canela pode ajudar a gerenciar esta doença de duas formas diferentes. “A canela pode reduzir a pressão arterial e ter um efeito positivo nos marcadores de sangue para aqueles com diabetes tipo 2. A canela também pode reduzir a resistência à insulina, onde estudos mostraram baixar os níveis de açúcar no sangue em jejum em até 29%, o que pode reduzir a ocorrência de diabetes tipo 2”, Farley explica.

Shane Ellison, um químico medicinal e fundador do Sugar Detox, explica como isso funciona. “Canela trabalha diretamente nas células musculares para forçá-las a remover o açúcar da corrente sanguínea, onde é convertido em energia”, diz ele. “Até mesmo é mostrado funcionar melhor do que a maioria dos medicamentos prescritos”.

A chave é aumentar a sensibilidade à insulina no corpo, uma sensibilidade que, enquanto presente no nascimento para aqueles sem diabetes tipo 1, diminui lentamente à medida que envelhecemos e consumimos mais açúcar. Como resultado, o açúcar transita no sangue, causando diabetes e outros problemas de saúde. “Canela, que é completamente não tóxica, repara os receptores para que mais uma vez eles voltem a responder à insulina”, explica Ellison. “Com o tempo, os níveis de açúcar se normalizam devido ao aumento da sensibilidade à insulina”.

Adicione isso ao fato de que a canela tem um sabor naturalmente doce que é desprovido de açúcar, tornando-se uma ótima adição a alimentos como iogurte simples, sobremesas ou lanches, e temos um ótimo produto contra a diabetes tipo 2.

Ajuda a Diminuir o Colesterol

Mesmo que você não sofra de diabetes, você pode querer incluir canela em sua dieta por muitas outras razões.

Carina Parikh, nutricionista holística de Kate Naumes ND Holistic Wellness em Dallas, explica que o impacto positivo nos sintomas de diabetes tipo 2 é devido a uma série de fatores, principalmente “melhorando a taxa de glicose, baixando a glicemia no jejum e reduzindo triglicerídeos – colesterol LDL e colesterol total. “. Estes são todos os benefícios que podem ajudar mesmo aqueles que não sofrem de diabetes, incluindo aqueles com preocupações ou problemas de colesterol hereditário.

“(Canela) também aumenta o HDL, o “bom” colesterol”, explica. O colesterol HDL ajuda a remover o colesterol LDL (ruim) do corpo.

E isso não é tudo. “A ingestão regular de canela também pode ajudar a mitigar os efeitos das refeições com alto teor de gordura ao diminuir o aumento do açúcar no sangue após a refeição”, diz Parikh. Isso significa que, quando a canela é adicionada à sua dieta, os efeitos de escolhas ocasionais com alto teor de gordura podem não ser bastante prejudiciais para a sua saúde, como de outra forma seriam.

Possui Propriedades Antifúngicas, Antibacterianas, Antivirais, Anti-inflamatórias e Anticancerígenas

A canela tem provado combater elementos fúngicos, bacterianos e virais nos alimentos, evitando assim a deterioração. Não é surpresa que, na Idade Média, muitas receitas, tanto doces quanto salgadas, eram aromatizadas com a especiaria para retardar a deterioração devido à falta de refrigeração.

Denise Baron, professora de bem-estar e diretora da Ayurveda Modern Living, explica que a canela pode ajudar com todos os tipos de problemas de congestionamento pulmonar. “Ela ajuda a esvaziar o muco e incentiva a circulação”, ela explica, “dando ajuda desde uma simples tosse até uma bronquite, quando usado em conjunto com outros remédios.”.

Mas, talvez o uso mais surpreendente de canela esteja no combate de vírus, e não apenas o resfriado comum. “A pesquisa mostra que o extrato de canela pode ajudar a combater o vírus do HIV, impedindo o vírus de entrar nas células”, diz Parikh.

“Há evidências que sugerem que a canela pode ter efeitos anticancerígenos também, embora a pesquisa até agora esteja limitada a estudos em animais”, diz ela. “Esses experimentos demonstram que o extrato de canela retarda o crescimento das células cancerosas e induz a morte celular cancerígena”.

Por fim, o consumo de canela pode reduzir as inflamações sistêmicas e específicas. O primeiro é particularmente importante no mundo ocidental, de acordo com Parikh. Ela diz que, no ocidente, “a inflamação sistêmica é um problema proeminente que levou ao aumento de doenças crônicas”. Ao adicionar canela a uma dieta regular, essa inflamação sistêmica pode ser significativamente reduzida.

A redução de inflamações específicas significa que o consumo de canela pode ajudar a tratar certos tipos de dor e dores de cabeça, como artrite. Ela desempenha um duplo papel neste tipo particular de dor, pois a canela também pode impulsionar a circulação.

Consumo Diário Indicado

Uma vez em mãos da verdadeira canela ceilão, a dosagem recomendada, de acordo com o Departamento de Saúde dos EUA, é de até 6 gramas por dia por 6 semanas ou menos.

“Eu sugeriria uma semana de descanso após as 6 semanas, antes de começar de novo”, diz Farley. “A cúrcuma pode ser tomada durante a semana de descanso, pois tem benefícios semelhantes”.

Você também pode reduzir seu consumo de canela para 5 dias por semana sem uma semana de descanso, diz Parihk. O consumo excessivo de canela ou mesmo um rápido aumento abrupto pode ter alguns efeitos adversos.

Uma delas é de que as propriedades anti-bacterianas da canela não distinguem entre bactérias boas ou más no intestino, o que significa que você poderia encontrar-se diante de problemas digestivos relacionados à canela. Incorporar alimentos fermentados para reabastecer o estômago com bactérias boas é uma das alternativas.

Por fim, é importante ressaltarmos para evitar a incorporação de muita canela em sua dieta se estiver grávida, amamentando ou tiver um ciclo menstrual pesado. Se alguma dessas coisas se aplica a você, consulte um médico antes de adicionar canela à sua dieta.

Comentários Facebook